A música é um ofício que exige amor, daquele tipo mais puro, que se traduz em devoção completa e dedicação integral e a profundidade, a intensidade deste compromisso resultam em grandes talentos, obras e carreiras. Primeiramente, Leonardo Ruas é um DJ perdidamente apaixonado pela forma artística que adotou como sua e isto se expressa em todas suas realizações e conquistas e como transborda por cada um de seus sets.

Todos eles propelidos pelo vigor daquela jovialidade perene que não respeita cegamente cronologismos ou gerações, suas apresentações são uma jornada das mais empolgantes e repletas de referências musicais, todas muito bem alinhavadas pelo refino na escolha das faixas e pela perícia exibida em cada transição. Seleções sofisticadas e divertidas que nos conduzem com naturalidade por uma narrativa rítmica muito singular e pessoal que é fruto de uma formação musical precoce, perpassando pelos sólidos fundamentos clássicos da música popular brasileira até chegar aos elaborados recursos contemporâneos da House Music.

Assim, fica simples entender como Leonardo Ruas consegue imprimir uma forte personalidade, tão cativante quanto empolgante, a todos os seus esforços e empreitadas. Algo que se espraia por cada nova virada, suas mais recentes investidas na produção musical ou por cada nova edição de suas festas autorais, dedicadas aos grandes amores de sua vida artística: a Soul.Set, refúgio dos amantes da genuína House Music num ambiente descontraído e festivo, e a Patropi, bastião de divulgação a música brasileira de qualidade para gerações que, de outro modo, dificilmente teriam contato com ela.

Sua vida é regida pelo elemento passional inerente ao universo artístico: Leonardo Ruas vive da música e para música. Antes de tudo, e principalmente, ele vive a música. E ela pulsa constante e vibrante em seus sets, guiados pela sua irreverente versatilidade, da mesma forma que pulsa em suas veias.

Texto por Francisco Raul Cornejo.




A música é um ofício que exige amor, daquele tipo mais puro, que se traduz em devoção completa e dedicação integral e a profundidade, a intensidade deste compromisso resultam em grandes talentos, obras e carreiras. Primeiramente, Leonardo Ruas é um DJ perdidamente apaixonado pela forma artística que adotou como sua e isto se expressa em todas suas realizações e conquistas e como transborda por cada um de seus sets.

Todos eles propelidos pelo vigor daquela jovialidade perene que não respeita cegamente cronologismos ou gerações, suas apresentações são uma jornada das mais empolgantes e repletas de referências musicais, todas muito bem alinhavadas pelo refino na escolha das faixas e pela perícia exibida em cada transição. Seleções sofisticadas e divertidas que nos conduzem com naturalidade por uma narrativa rítmica muito singular e pessoal que é fruto de uma formação musical precoce, perpassando pelos sólidos fundamentos clássicos da música popular brasileira até chegar aos elaborados recursos contemporâneos da House Music.

Assim, fica simples entender como Leonardo Ruas consegue imprimir uma forte personalidade, tão cativante quanto empolgante, a todos os seus esforços e empreitadas. Algo que se espraia por cada nova virada, suas mais recentes investidas na produção musical ou por cada nova edição de suas festas autorais, dedicadas aos grandes amores de sua vida artística: a Soul.Set, refúgio dos amantes da genuína House Music num ambiente descontraído e festivo, e a Patropi, bastião de divulgação a música brasileira de qualidade para gerações que, de outro modo, dificilmente teriam contato com ela.

Sua vida é regida pelo elemento passional inerente ao universo artístico: Leonardo Ruas vive da música e para música. Antes de tudo, e principalmente, ele vive a música. E ela pulsa constante e vibrante em seus sets, guiados pela sua irreverente versatilidade, da mesma forma que pulsa em suas veias.





Texto por Francisco Raul Cornejo.